Menu

Marcação Pré-cirúrgica (MPC) guiada por ultrassonografia

Como pode ser solicitado
Marcação Pré-cirúrgica (MPC) guiada por ultrassonografia

Regiões estudadas
Mamas.

Principais indicações
Marcação de lesão não palpável maligna, já comprovada por biópsia percutânea (corebiopsy), para sua remoção cirúrgica como parte do tratamento.

Marcação de lesão não palpável, já avaliada em sua histologia por biópsia percutânea (core-biopsy ou mamotomia), com resultado inconclusivo, necessitando de melhor avaliação por biópsia cirúrgica.

Quando o resultado do estudo histológico realizado por biópsia percutânea não estiver concordante com os achados de imagem, pode refletir falso-negativo.

Observação
Consiste na colocação de um marcador, como fio metálico, em lesão mamária suspeita, a fim de possibilitar a rápida e precisa localização da lesão durante o ato cirúrgico. Como este procedimento é primariamente realizado em lesões mamárias impalpáveis, necessita ser orientado por um método de imagem, como a ultrassonografia. Após colocação do marcador, são obtidas mamografias pós-procedimento para confirmar a localização do marcador.